Bem vindo ao site do Clube de Ténis de São Miguel

Clube de Ténis de São Miguel

O clube na web:



Escola do CTSM fabrica Campeões

 

Quando em 1993, no Paço do Lumiar, o ténis açoriano obteve a sua primeira vitória além-fronteiras, o mundo desportivo estava longe de imaginar que, a partir daí, a modalidade seria aquela que mais troféus traria para a região.

Com uma década de noventa recheada de vitórias, idas à Selecção nacional de vários jogadores e, inclusive, os primeiros títulos nacionais conquistados, o ténis chegava ao novo milénio com uma pujança que se reflectiu no número de atletas federados, que triplicaram. É verdade que havia toda uma geração de excelentes competidores a terminar, mas o trabalho feito nas Escolas Primárias, com acções de promoção e captação, começava a dar os seus frutos e foi de alguns estabelecimentos de ensino que saíram os Campeões dos últimos dez anos.

Simão Medeiros é um dos casos mais emblemáticos: teve o primeiro contacto com o ténis no Colégio de São Francisco Xavier, prosseguiu nas Escolas do Clube e é hoje Senhor de um currículo onde já constam quatro títulos regionais, três dos quais de Absolutos, sendo que é o actual Campeão! Mas como ele, dezenas fizeram o mesmo percurso: Rita Gouveia, Vasco Martins, Gonçalo Ribeiro, Miguel Rocha e Diogo Melo são apenas alguns dos que, tendo sido descobertos nas escolas, viriam a dar muitas alegrias ao ténis açoriano.

 

Denominador Comum

 

Denominador comum na formação dos tenistas micaelenses: Nuno Mota. Há mais de vinte anos no ensino o antigo Campeão Regional acumulou experiência e é hoje um dos nomes mais reconhecidos na estrutura da Federação Portuguesa de ténis, tendo mesmo a seu cargo toda a base programática dos escalões de formação a nível nacional.

E é com base no talento nato dos tenistas e na experiência dos seus quadros que o maior Clube de Ténis dos Açores tem sustentado o seu sucesso.

 

Marta Magalhães Campeã Nacional

 

       Dando seguimento à extraordinária campanha que tem feito esta época, Marta Magalhães juntou aos dois títulos internacionais já conquistados o título nacional de pares.

       Ao lado da sua habitual parceira, Marta Oliveira, Magalhães atingiu, desta forma, o ponto mais alto da sua ainda curta carreira, sendo de realçar o mérito do seu treinador Edmundo Neto na sua evolução.

 

 

Martim Sousa finalista na Bulgária

 

       Outro dos expoentes máximos da actual geração de tenistas micaelenses, Martim Sousa, conseguiu a proeza de atingir a final de pares numa Competição Internacional na Bulgária.

      Fazendo dupla com Fernando Sousa, da Terceira, Sousa esteve muito perto da vitória, perdendo a dupla açoriana apenas no desempate decisivo da terceira partida.

 

 

 

 

 

 

Domingo, 10 Julho, 2011

Reserve já o seu campo. Para tal, tem que estar registado.

Reservar Já
Web Development © Via Oceânica 2009 - Todos os direitos reservados.